Orgão Oficial

RelatosCBC - Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões - Journal of the Brazilian College of Surgeons

Artigos do Autor

26 resultado(s) para: TCBC-SP

Linfoma malt primário de pulmão - relato de caso

Lung primary malt lymphoma - case report

Júlio Mott Ancona Lopez, TCBC-SP; André Miotto, ACBC-SP; Pedro Augusto Antunes Honda, AsCBCSP; Jorge Henrique Rivaben, ACBC-SP; Herbert Felix Costa; Daniela Cristina Almeida Dias; Márcio Botter, TCBC-SP; Fabrício Próspero Machado

Relatos Casos Cir. 2016;(4): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

O linfoma primário de pulmão é uma condição rara, que geralmente acomete indivíduos da sexta e sétima décadas de vida, representando apenas 0,5% de todas as neoplasias pulmonares. Relatamos um caso de um paciente do sexo masculino, 66 anos, tabagista 40 maços-ano, assintomático, que em radiografia de rotina teve como achado opacidade pulmonar à direita. A tomografia de tórax revelou massa pulmonar em lobo inferior direito e nódulo em lobo médio. A biópsia por broncoscopia não demonstrou malignidade, porém, como a imagem tomográfica era muito sugestiva de neoplasia pulmonar primária, optou-se pelo tratamento cirúrgico. A biópsia de congelação mostrou neoplasia maligna, então foi realizada a ressecção completa da lesão com bilobectomia pulmonar inferior. A análise imuno-histoquímica da lesão mostrou tratar-se de um linfoma MALT pulmonar. Apesar de ser um tumor raro e de difícil diagnóstico, o prognóstico é bom na maioria dos casos, com altas taxas de sobrevida.


Palavras-chave: Linfoma de Zona Marginal Tipo Células B. Neoplasias Pulmonares. Cirurgia Torácica.

Tumor estromal gastrointestinal de duodeno mimetizando tumor de cabeça pancreática

Duodenal gastrointestinal stromal tumor mimicking pancreatic tumor

Luiz Claudio Landolfi Pereira; Franz Robert Apodaca-Torrez, TCBC-SP; Arlette Jean Abdo Pereira; Maurício Andrade Azevedo, TCBC-SP; Raisa Medeiros de Florenço

Relatos Casos Cir. 2016;(4): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Tumores estromais gastrointestinais (GIST) são tumores mesenquimais primários incomuns no trato digestivo. Sua localização primária em duodeno é rara. Este é um relato de caso de um GIST duodenal, mimetizando um tumor pancreático. A tomografia computadorizada préoperatória revelou massa hipervascular de 10cm de diâmetro na cabeça pancreática. O exame endoscópico mostrou erosão na mucosa duodenal com sangramento local. O paciente evoluiu bem após a pancreaticoduodenectomia com preservação de piloro.


Palavras-chave: Piloro. Duodenopatias. Ampola Hepatopancreática. Tumores do Estroma Gastrointestinal.

Ressecção laparoscópica em cunha de tumores estromais gastrointenstinais junto à cárdia

Laparoscopic wedge resection for gastrointestinal stromal tumors near the cardia

Reinaldo Martins de Oliveira Neto, TCBC-SP; Carlos Roberto Puglia, TCBC-SP; Luiz Fernando Rodrigues Alves de Moura, TCBC-SP; Wagner Kenro Takahashi; Paulo Roberto Corsi, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2016;(4): 1-3 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Tumores estromais gastrointestinais (GIST) são incomuns, representando menos de 5% de todas as neoplasias gastrointestinais. Apesar do desenvolvimento de novos tratamentos farmacológicos, as ressecções cirúrgicas ainda são a pedra angular do tratamento das lesões primárias. O tratamento cirúrgico minimamente invasivo é uma opção importante do tratamento destas lesões que são seguras e eficazes. A ressecção laparoscópica de cunha tornou-se o tratamento de escolha para lesão abaixo de 5cm e afastada do cardia ou píloro, devido ao risco de estenose. Ressecção de lesões junto à cardia é viável sob alguns cuidados especiais e preocupações. Os autores apresentam dois casos de ressecção laparoscópica de GIST sem complicações.


Palavras-chave: Tumores do Estroma Gastrointestinal. Neoplasias Gastrointestinais. Estômago. Laparoscopia.

Carcinoma triquilemal: relato de caso e revisão de literatura

Triquilemmal carcinoma: case report and literature review

Díogenes Paiva; Débora Viana; Luciano França; Otávio Alberto Curioni, TCBC-SP; Abrão Rapoport, ECBC-SP

Relatos Casos Cir. 2016;(3): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

O presente estudo tem como objetivo apresentar o caso de um paciente com diagnóstico de carcinoma triquilemal e realizar uma revisão da bibliografia sobre o assunto. Trata-se de um paciente do sexo masculino, queixando-se de otorreia intermitente com quatro anos da evolução, associada à perda auditiva ipsilateral progressiva e paralisia facial periférica nos últimos dois anos. O carcinoma triquilemal é parte de um grupo raro de lesões cutâneas neoplásicas originadas pelo folículo piloso, com clínica e distribuição variáveis, com baixa incidência metastática.


Palavras-chave: Carcinoma. Pele. Neoplasias Cutâneas. Paralisia Facial.

Torção primaria de omento como causa rara de abdome agudo - relato de caso

Primary omental torsion, a rare cause of acute abdomen - case report

Marina Gabrielle Epstein; Julio Zonzini Maximo de Carvalho; Isadora Piccinini; Luiz Vagner Sipriani Júnior; Marcelo Augusto Fontenelle Ribeiro Júnior, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2016;(3): 1-2 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

A torção primária de omento é uma causa rara de abdome agudo. Sua apresentação clínica é semelhante à de uma apendicite. Este é um relato de caso de uma paciente feminina, jovem, com abdome agudo diagnosticado como torção de omento pela laparoscopia. A realização de laparoscopia diagnóstica no abdome agudo de origem indeterminada aumentaria o diagnóstico de torção de omento, e também sua subsequente intervenção terapêutica.


Palavras-chave: Abdome Agudo. Omento. Cavidade Abdominal. Neoplasia. Laparotomia.

Obstrução de via biliar secundária a corpo estranho: projétil alojado em ducto hepático comum

Biliary tract obstruction secondary to a foreign body: chambered projectile in common hepatic duct

Iuri Tamasauskas; Jorge Roberto Marcante Carlotto, ACBC-SP; Franz Robert Apodaca Torrez, TCBC-SP; Alberto Goldenberg, TCBC-SP; Edson Jose Lobo, ACBC-SP

Relatos Casos Cir. 2016;(3): 1-3 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Síndrome ictérica por obstrução da via biliar causada por corpo estranho é um evento raro, principalmente quando o corpo estranho é um projétil de arma de fogo. Este é um relato de caso de um paciente masculino de 27 anos vítima de ferimento por projétil de arma de fogo que evolui com quadro de icterícia obstrutiva nove anos após o ferimento.


Palavras-chave: Icterícia Obstrutiva. Ducto Hepático Comum.

Uso simultâneo de curativo a vácuo e sutura elástica no fechamento de grande ferida infectada da parede abdominal

Simultaneous use of vaccum therapy and elastic sutures at the closure of infected extense wound at the abdominal wall

Lúcio Américo Della Coletta, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2016;(1): 1-3 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

A combinação de terapia a vácuo e da sutura elástica pode ser uma opção ao cirurgião para o fechamento de extensas feridas infectadas sem possibilidade de síntese primária.


Palavras-chave: Terapêutica. Dispositivos para Expansão de Tecidos. Técnicas de Sutura. Infecção da Ferida Operatória. Parede Abdominal.

Carcinoma anexial microcístico no sulco nasogeniano

Microcystic adnexal carcinoma in nasolabial fold

Giulianno Molina de Melo, TCBC-SP; Rogério Ramos Caiado; Danilo Anunciatto Sguillar; André Gustavo Gumz Eichstaedt; Cyntia Moniz Figueira Petiti; Ricardo A. Souza e Souza

Relatos Casos Cir. 2015;(2): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

O carcinoma anexial microcístico (CAM) é uma rara neoplasia maligna de glândula écrina da pele, comumente localizada na face, e de crescimento lento e padrão infiltrativo agressivo. Esse relato descreve um paciente masculino com CAM na região malar submetido à ressecção oncológica ampla, reconstrução com retalho de Mustardé e radioterapia adjuvante. Os objetivos funcionais e estéticos foram atingidos, sem evidência de recorrência no período avaliado. A radioterapia pode ser necessária na presença de fatores adversos.


Palavras-chave: Carcinoma. Retalho Miocutâneo. Neoplasias. Neoplasias Cutâneas.

Obstrução biliar do duodeno (síndrome de bouveret): relato de caso

Duodenum biliary obstruction (bouveret syndrome): case report

Daniel Carvalho Kallás, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2015;(2): 1-3 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Os autores descrevem um caso raro de obstrução duodenal causada pela migração de cálculo biliar pela fístula bilioentérica (Síndrome de Bouveret). Além disso, é feita uma breve revisão da literatura, abordando a incidência, o diagnóstico e o tratamento.


Palavras-chave: Obstrução Duodenal. Fístula Biliar. Fístula do Sistema Digestório.

Câncer de cólon avançado com fístula cutânea tratado com ressecção ampla em dois pacientes

Advanced colon cancer with cutaneous fistula treated by extended resection: report two cases

Mário Henrique Leite de Alencar, ACBC-GO; Júnea Caris de Oliveira, ACBC-SP; Antônio Talvane Torres de Oliveira, TCBC-SP; Armando Geraldo Franchini Mellani, ACBC-SP; André Luiz Silveira

Relatos Casos Cir. 2015;(1): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Cirurgias ampliadas em monobloco para o tratamento de tumores do cólon localmente avançados, na ausência de linfonodos comprometidos, proporcionam uma sobrevida média que varia entre 40% e 68% em cinco anos, além de representar a última oportunidade de tratamento eficaz. Os autores apresentam dois casos clínicos de tumores de cólon com fístula cutânea tratados com sucesso para a cirurgia radical e reconstrução com tela de Márlex, seguindo os preceitos da cirurgia oncológica.


Palavras-chave: Cólon. Neoplasias do cólon. Fístula cutânea. Oncologia médica/cirurgia.

Perfuração esofágica por candidíase

Esophageal perforation caused by candidiasis

José Luís Braga Aquino; TCBC-SP; Marcelo Manzano Said; Antônio F. de Carvalho Jr; Fernando Pinheiro Ortega; Pedro Augusto Costa de Andrade

Relatos Casos Cir. 2017;(1): 1-3 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Perfuração esofágica secundária à candidíase é uma complicação muito rara. Apresentamos o caso de um paciente com megaesôfago avançado, com desnutrição que causou imunodepressão. Mesmo tratado corretamente o paciente desenvolveu uma perfuração esofágica e sofreu uma esofagectomia de emergência, mas teve evolução fatal.


Palavras-chave: Perfuração Esofágica. Infecção. Candidíase.

Hemangioendotelioma epitelioide da fissura pterigomaxilar

Epithelioid hemangioendothelioma of pterygomaxillary fissure

Maria Beatriz Nogueira Paschoal; José Francisco Sales Chagas; José Luís Braga Aquino; TCBC-SP; Douglas Alexandre Rizzanti Pereira; Amilcar Castro Mattos; Thalita Reis Ruba; Fernanda Garcia Callegari

Relatos Casos Cir. 2017;(2): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Hemangioendotelioma epitelioide é um tumor raro de origem endotelial, que pode acometer qualquer órgão, mais relatado em tecidos moles, fígado e pulmões. Possui potencial de malignidade intermediário e crescimento progressivo. Seu comportamento clínico varia e, assim, seu prognóstico geralmente é reservado. Relatamos o caso de hemangioendotelioma epitelioide de localização incomum, na fissura pterigomaxilar.


Palavras-chave: Hemangioendotelioma Epitelioide. Neoplasias de Cabeça e Pescoço. Angiofibroma.

Lesão complexa e auto-infligida de couro cabeludo secundária a delírio de infestação parasitária tratada com matriz dérmica e enxertia

Self-inflicted complex scalp injury due to delusional parasitosis treated with dermal matrix and grafting

Dimas André Milcheski; Rodolfo Costa Lobato; Mateus Neves da Silva de Jesus; Wellington Menezes Mota; Alex Chi; Rolf Gemperli, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2017;(2): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Os retalhos livres microcirúrgicos são, em geral, a única opção para tratamento de grandes ferimentos complexos de couro cabeludo. Apresentamos o caso de um paciente diagnosticado com delírio de infestação parasitária, que apresentava ferida profunda e auto-infligida de couro cabeludo, bem como a resolução desta ferida complexa com enxerto de pele sobre matriz dérmica composta. Devido à condição psiquiátrica do paciente, optou-se por este tratamento alternativo aos retalhos microcirúrgicos, os quais são classicamente utilizados para este tipo de lesão, alcançando bom resultado cirúrgico.


Palavras-chave: Derme Acelular. Transplante de Pele. Delírio de Parasitose. Ferimentos Penetrantes. Técnicas de Fechamento de Ferimentos.

Tumor de células granulares de esôfago

Esophagus granular cell tumor

Hercio Azevedo de Vasconcelos Cunha, TCBC-SP; Rafael Meneguzzi Alves Ferreira; Gabriela Miyuki Teodoro Ogawa; Fernando Saito Katsutani

Relatos Casos Cir. 2017;(3): : Relato de Caso

Resumo PDF PT

O tumor de células granulares é um tumor benigno que pode afetar qualquer órgão. Na maioria dos casos são assintomáticos. Histologicamente são caracterizados por uma proliferação de células poligonais com aparência granular. Relatamos o caso de um tumor de células granulares localizado no esôfago, em que duas lesões foram diagnosticadas em momentos diferentes.


Palavras-chave: Esôfago. Doenças do Esôfago. Neoplasias Esofágicas. Tumor de Células Granulares.

Lesão aórtica e pélvica em vítima de politrauma

Aortic and pelvic injury in polytrauma victim

Erisvaldo Ferreira Cavalcante Júnior; Victor Antonio Peres Alves Ferreira Avezum; Pedro José de Lima Salgueiro Silva; Vinicius Rodrigo Bulla Vasconcellos; Gustavo Guilherme Falavigna; Paulo César Espada, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2017;(3): : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Lesões traumáticas de aorta incidem, geralmente, em pacientes envolvidos em traumas contusos de alta energia, sendo os mais comuns os acidentes automobilísticos e motociclísticos. Este tipo de injúria tem alta taxa de mortalidade e frequentemente está associado a múltiplas lesões. Não há sinais ou sintomas específicos que definam o diagnóstico, sendo os exames de imagem indispensáveis. A terapêutica preferencial é realizada por meio de prótese endovascular, mas a escolha é baseada na classificação do dano e na presença de múltiplas lesões associadas. O objetivo deste trabalho é apresentar o caso de um paciente, vítima de politrauma de alta energia, que foi submetido a tratamento com prótese endovascular e fixação pélvica devido à lesão aórtica e fratura de bacia associada.


Palavras-chave: Traumatismo Múltiplo. Ossos Pélvicos. Aorta Torácica. Ferimentos e Lesões.

Divertículo hipofaríngeo: classificação pela tomografia e tratamento cirúrgico da recidiva

Hypopharyngeal diverticulum: tomography classification and surgical treatment of recurrence

Giulianno Molina Melo, TCBC-SP; Paula Demetrio; Juliana Fernandes Melo Heleno, AsCBC-SP; Jessica Bocchi Bacco, ACBC-SP

Relatos Casos Cir. 2017;(3): : Relato de Caso

Resumo PDF PT

O divertículo hipofaríngeo (Zenker) é uma projeção sacular das camadas mucosa e submucosa da hipofaringe através do triângulo muscular de Killian. Tem baixa incidência, é mais comum em homens entre 60 e 70 anos de idade, e aumenta o risco de broncoaspiração. Entre as opções terapêuticas dispõe-se, atualmente, da diverticulotomia endoscópica. Relatamos dois casos de divertículos hipofaríngeos recidivados após tratamento endoscópico que foram submetidos à diverticulectomia aberta e miotomia do músculo cricofaríngeo, e propomos uma classificação do tamanho dos divertículos pela tomografia computadorizada, adequando o tratamento a uma proposta de algoritmo.


Palavras-chave: Divertículo de Zenker. Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório. Terapêutica. Transtornos de Deglutição. Recidiva.

Hérnia de amyand: como conduzir um achado incidental?

Amyand's hernia: how to manage an incidental finding?

Bruna do Nascimento Santos Crouzillard; Bruno de Lúcia Hernani; Rafael Krieger Martins; Rodrigo Altenfelder Silva, TCBC-SP; Adhemar Monteiro Pacheco Júnior, TCBC-SP; André de Moricz, TCBC-SP; Sérgio Roll, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2017;(3): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

A hérnia de Amyand consiste na protrusão do apêndice vermiforme, inflamado ou não, no saco herniário inguinal. Tem baixa incidência, variando de 0,4% a 0,6% das hérnias inguinais, mas seu manejo pode ser desafiador. Este artigo tem como objetivo relatar a condução de dois casos desta doença pela equipe de emergência do pronto socorro da Santa Casa de São Paulo, além de fornecer uma revisão de literatura sobre o seu diagnóstico e tratamento.


Palavras-chave: Hérnia Inguinal. Apêndice. Achados Incidentais. Terapêutica.

Hérnia de Amyand: como conduzir um achado incidental?

Amyand's hernia: how to manage an incidental finding?

Bruna do Nascimento Santos Crouzillard; Bruno de Lúcia Hernani; Rafael Krieger Martins; Rodrigo Altenfelder Silva, TCBC-SP; Adhemar Monteiro Pacheco Júnior, TCBC-SP; André de Moricz, TCBC-SP; Sérgio Roll, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2017;(4): 1-4 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

A hérnia de Amyand consiste na protrusão do apêndice vermiforme, inflamado ou não, no saco herniário inguinal. Tem baixa incidência, variando de 0,4% a 0,6% das hérnias inguinais, mas seu manejo pode ser desafiador. Este artigo tem como objetivo relatar a condução de dois casos desta doença pela equipe de emergência do pronto socorro da Santa Casa de São Paulo, além de fornecer uma revisão de literatura sobre o seu diagnóstico e tratamento.


Palavras-chave: Hérnia Inguinal. Apêndice. Achados Incidentais. Terapêutica.

Gist com recidiva linfonodal

Lymph node recurrence of gist

Gilson Antonio Barrios de Jesus; Ricardo Artigiani Neto; Elton Shinji Onari; Ramiro Colleoni, TCBC-SP; Laércio Gomes Lourenço, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2018;(1): e0001 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Os autores apresentam um caso raro de recorrência dos linfonodos da GIST intestinal. Devido à formação metastática, o mesilato de imatinibe foi introduzido e a resposta parcial foi observada durante 10 meses, quando a TC apresentou progressão da doença até a morte. Até agora, a importância da metástase dos linfonodos de GIST não é clara.


Palavras-chave: Linfonodos. Metástase Neoplásica. Recidiva. GIST.

Diverticulite aguda jejunoileal

Acute jejunoileal diverticulitis

Isabela Soucin Maltoni; Eric D. B. Augusto; Daniela de Oliveira Mendes; Martin Marcondes Castiglia; Diego Adão Fanti Silva, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2018;(4): e2028 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

A diverticulite aguda do intestino delgado secundária à diverticulose jejunoileal é uma condição muito rara, acometendo principalmente o segmento jejunal e levando a um quadro de abdome agudo inflamatório. É mais prevalente em idosos, com discreta predileção pelo sexo masculino. Na maioria dos casos, o tratamento é operatório. Este relato apresenta o caso de um paciente de 65 anos de idade com dor abdominal periumbilical intermitente há oito meses, seguida de piora súbita e sinais inflamatórios. O diagnóstico de diverticulite aguda jejunoileal foi realizado por meio de tomografia computadorizada. O paciente foi submetido à ressecção cirúrgica após falha do tratamento não operatório com antibioticoterapia. Por se tratar de uma condição pouco frequente, com apresentação clínica semelhante a outras afecções do trato gastrointestinal, porém com risco de peritonite e sepse abdominal, a diverticulite jejunoileal tem relevância clínica como um diagnóstico diferencial a ser considerado em quadros de abdome agudo inflamatório cuja evolução seja desfavorável.


Palavras-chave: Abdome Agudo. Diverticulite. Intestino Delgado. Jejuno. Laparotomia.

Ferida cervical associada à lesão esofágica e mediastinite

Neck injury associated with esophageal perforation and mediastinitis

Felipe Arakaki Gushiken; Ruy França Almeida; Luiz Antonio Rivetti; Celso de Castro Pochini, TCBC-SP; Danilo Gagliardi; TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2019;(1): e2025 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Ferimentos cervicais penetrantes são aqueles situados entre a clavícula e a base do crânio, com violação do músculo platisma e podem comprometer a via aerodigestiva, tireoide, veias e nervos de maneira isolada ou associada. Quando há lesão esofágica associada, o tratamento dependerá da extensão e da localização da lesão, tempo de trauma e estabilidade hemodinâmica na avaliação inicial. Relataremos o caso de um paciente jovem do sexo masculino, que apresentou lesão esofágica durante a tentativa de realização de traqueostomia pelo pai do paciente em ambiente domiciliar. Foi admitido no Departamento de Cirurgia da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, seis dias após o evento e que, apesar da instabilidade hemodinâmica à admissão e presença de mediastinite, apresentou bom desfecho clínico após tratamento por meio de cervicotomia e toracotomia.


Palavras-chave: Ferimentos Penetrantes. Lesões do Pescoço. Perfuração Esofágica. Mediastinite.

Reconstrução do nervo facial e da região temporal após ressecção de extenso tumor na base do crânio

Facial nerve and temporal zone reconstruction after resection of an extensive tumor at the base of the skull

André Coelho Nepomuceno; Larissa Cassemiro da Silva; Raphael Martinelli Anson Sangenis; João Paulo Valente; José Luís Braga de Aquino, TCBC-SP; Douglas Alexandre Rizantti Pereira

Relatos Casos Cir. 2019;(1): e2032 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

Neste relato de caso é apresentado paciente jovem com extenso tumor de partes moles em base de crânio, acometendo a artéria carótida interna, nervo facial e abaulando pele da região retroauricular esquerda. O tumor recidivou após algumas abordagens prévias e o paciente de 15 anos começou a apresentar sinais de invasão do nervo facial e vestibulococlear. Optou-se pela conduta cirúrgica, apesar dos riscos envolvidos, para não deixar a doença evoluir para um estágio inoperável. A ressecção ampla da lesão durou 26 horas de cirurgia com as equipes multidisciplinares (neurocirurgia, otorrinolaringologia, cabeça e pescoço e cirurgia plástica). O nervo facial foi reconstruído com enxerto de nervo autólogo e a grande falha volumétrica que expunha o cérebro foi reconstruída com retalho miofasciocutâneo anterolateral da coxa esquerda com microanastomose vascular. O paciente evolui com acidente vascular cerebral, meningite e pneumonia. Após dois meses de internação na UTI evoluiu favoravelmente. Houve recuperação da movimentação da mímica facial, e a reconstrução da região temporal foi bem-sucedida. Conclusão: apesar da complexidade do quadro, o tratamento cirúrgico para o paciente jovem é uma alternativa plausível.


Palavras-chave: Sarcoma 180. Osso Temporal. Artéria Carótida Interna. Nervo Facial. Microcirurgia.

Pseudoapendicite aguda por Yersinia pseudotuberculosis

Acute pseudoappendicitis by Yersinia pseudotuberculosis

Bruno Amantini Messias, TCBC-SP; Jaques Waisberg, TCBC-SP; Érica Rossi Mocchetti; Thaís Montero

Relatos Casos Cir. 2019;(1): e2071 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

A apendicite aguda é a afecção cirúrgica mais comum nos serviços de urgência. Acomete principalmente paciente jovem e apresenta baixa taxa de mortalidade em casos não complicados. Seu diagnóstico continua desafiador devido à ampla variedade de apresentações. Nesse artigo, relatamos um caso raro de pseudoapendicite por Yersinia pseudotuberculosis em um paciente jovem que foi submetido a tratamento cirúrgico por apendicite aguda.


Palavras-chave: Apendicite. Yersinia pseudotuberculosis. Apendicectomia. Diagnóstico Diferencial.

Intussuscepção jejuno-gástrica: uma rara complicação pós-gastrectomia

Jejunogastric intussusception: a rare complication postgastrectomy

Bruno Amantini Messias, TCBC-SP; Érica Rossi Mocchetti; Noelle Carbonieri; Ana Fatima Mineiro

Relatos Casos Cir. 2019;(1): e2124 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

A intussuscepção jejuno-gástrica é uma rara complicação pós-gastrectomia a Billroth II ou gastrojejunostomia isolada. Apresenta elevada mortalidade quando seu diagnóstico é feito tardiamente. A etiologia mais plausível é a peristalse da alça intestinal. Geralmente apresenta-se com dor epigástrica associada a vômitos com ou sem sangue. Relatamos o caso de um paciente submetido à laparotomia exploradora para tratamento desta patologia.


Palavras-chave: Intussuscepção. Gastrectomia. Estômago.

Abordagem laparoscópica da hérnia de Petit: em busca de melhores resultados funcionais

Laparoscopic approach of Petit's hernia: in search of better functional outcomes

Cláudio Franco do Amaral Kfouri, ACBC-SP; Maria Clara Ferreira Nonato Romania; Rodrigo Amaral Martins Ferreira; Guilherme Paulo Carvalho de Amorim; Cleibe Nicácio da Silva; Claudinei da Silva; Ricardo Zugaib Abdalla, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2019;(2): e2102 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

O trígono lombar inferior, também conhecido por Trígono de Petit, pode ser um raro local de formação de hérnias. Embora a casuística mundial seja pequena, com cerca de 300 casos descritos, o diagnóstico deve ser aventado, uma vez que o doente refere uma dor incapacitante em região lombar, o que interfere na sua vida diária. Descreve-se um caso de uma paciente jovem com dor há três meses e abaulamento em região lombar, cujo diagnóstico definitivo foi de Hérnia de Petit e tratada via laparoscópica.


Palavras-chave: Hérnia. Dor Lombar. Laparoscopia.

Síndrome da compressão da veia ilíaca

Iliac vein compression syndrome

Ricardo Virgínio dos Santos; Anna Carolina Fernandes Moraes; João Pedro Martins e Silva; Guilherme Nebo Jambor; Alexandre Campos Moraes Amato, TCBC-SP

Relatos Casos Cir. 2019;(2): e2112 : Relato de Caso

Resumo PDF PT

A síndrome da compressão da veia ilíaca (SCVI) é uma situação clínica na qual a artéria ilíaca comum direita comprime extrinsecamente a veia ilíaca comum esquerda. Pacientes com tal alteração anatômica estão predispostos à formação de trombose venosa profunda à esquerda com sinais de hipertensão venosa em membro inferior esquerdo (MIE), simulando patologias de evolução semelhante. Na SCVI, devido à existência de uma alteração anatômica, é necessária a descompressão da veia por cirurgia aberta convencional ou endovascular. Relatamos o caso de um paciente de 48 anos, sexo masculino, que procurou o serviço de especialista em cirurgia vascular por aumento da quantidade de varizes, claudicação venosa e piora da dor e edema em MIE, com longa evolução.


Palavras-chave: Veia Ilíaca. Artéria Ilíaca. Varizes. Edema. Flebografia.

Copyright 2019 - Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões